O que são crenças limitantes



Crença é a aceitação por parte da mente de que algo é verdadeiro, muitas vezes sustentado por um sentido emocional ou espiritual de certeza. É uma frase ou afirmação que você repete tantas vezes a ponto de se transformar em uma convicção. Você acredita que a realidade é feita exatamente dessa forma. Então o que são as crenças limitantes? São as crenças que te prejudicam, te impedem de crescer e realizar algo que você queira.

As crenças são profundas, surgem de um sentimento e estão presentes no nosso subconsciente. Quando tem essa convicção no seu subconsciente, ele vai formar sua realidade, confirmando a crença.

Você pode ter crenças com relação ao dinheiro, amor, a si mesmo, a Terra, a evolução, etc. No final desse artigo tem uma lista de crenças limitantes para você testar.

Diferenças entre mente consciente, subconsciente e inconsciente


As crenças limitantes estão no subconsciente. Mas qual a diferença entre mente consciente, subconsciente e inconsciente?

  • Mente consciente: É o que você pensa, seus desejos, o que você quer, o que você sabe porque já estudou e tem entendimento.

  • Mente subconsciente: São suas memórias, hábitos, características, sentimentos e crenças. Corresponde a cerca de 88-90% da sua mente.

  • Mente inconsciente: É uma parte que você não tem acesso. Para Freud, o inconsciente é algo que fica escondido em cada um, mas que se manifesta sem sabermos nos comportamentos.

É no subconsciente que vai manifestar e alterar sua realidade. Essa parte da sua mente que vai mostrar o mundo de acordo com suas crenças.

Se você tem uma crença em relação ao dinheiro e acredita que pessoas com muito dinheiro são corruptas, seu subconsciente vai te colocar em situações que vai te comprovar que todos os ricos são corruptos e desonestos. E mesmo que exista um rico não corrupto e integro ao lado, você não vai conseguir enxergar essa pessoa, essa realidade, porque seu subconsciente tá direcionado somente pra ver aquilo que ele acredita ser verdade.

Mas como isso acontece? Nós temos um mecanismo de atenção seletiva. Você já deve ter reparado que quando quer comprar um carro, você começa a ver todo mundo com esse carro.Na verdade você só está focando nesse carro, e como existem milhares de carros circulando na sua frente, você passa a ver mais desse que você quer.

Como adicionamos uma crença?

Existem duas principais formas de adicionar uma crença: por forte impacto emocional ou por repetição. Veja como é cada uma delas:

Por forte impacto emocional

Você pode adicionar uma nova crença ao passar por uma situação de forte impacto emocional.

Por exemplo, imagine que você estava andando sozinho e foi assaltado. Você sentiu medo, susto e pânico. Nesse momento, você instala uma crença de que é perigoso estar sozinho. Seu subconsciente vai te impedir de ficar sozinha e você vai estar sempre rodeada de pessoas, mesmo quando você quiser estar sozinha. E se um dia você estiver andando sozinha de novo, seu subconsciente vai te colocar em uma situação de perigo para que se repita e mostre que é realidade. O que você acredita em seu subconsciente se torna verdade, materializa

Por isso que é importante reconhecer e limpar todas as crenças limitantes, para que você não continue criando essa realidade indesejável.

Por repetição

Uma outra forma de adicionar uma nova crença é ouvir e ler essa crença por diversos anos.

Por exemplo, seu pai perde o emprego e fala continuamente que o país está em crise e é difícil conseguir emprego. Você liga a TV e escuta que o país está em crise e é difícil conseguir emprego. Você pega um jornal e lê que o país está em crise e é difícil conseguir um emprego. O que acontece? Você instala essa crença em si mesmo e cada vez que for procurar um emprego seu subconsciente vai dizer que é difícil porque o país está em crise e te sabotar para não conseguir esse emprego.

Lista de crenças limitantes

Agora que você já sabe o que são crenças limitantes, vamos ver alguns exemplos e você pode fazer o teste muscular para saber se possui essas crenças.

Seja por um inconsciente coletivo ou seja por experiências que nós e nossos pais passaram, as mesmas crenças estão presentes em várias pessoas. Algumas inclusive são fortalecidas por serem ditados populares.

Confira a seguir alguns exemplos comuns de crenças limitantes em relação ao dinheiro, a si mesmo, amor e trabalho.

Exemplos de crenças limitantes comuns com relação ao dinheiro

  • Dinheiro é sujo.

  • É difícil eu ganhar mais dinheiro.

  • Dinheiro corrompe.

  • Tem que trabalhar muito pra ganhar dinheiro.

  • Só através do meu trabalho eu ganho dinheiro.

  • Dinheiro atrai invejosos, interesseiras.

  • Sou pobre, mas sou limpinho.

  • Dinheiro não dá em árvore.

  • Dinheiro não traz felicidade.

  • Para ser rico é preciso vender a alma ao diabo.

  • Todo rico é desonesto.

  • Só é rico quem é desonesto.

  • Ou você é rico ou é infeliz.

  • Não é possível ganhar dinheiro fazendo o que ama.

  • Vou ser pobre para sempre.

  • Não tenho dinheiro para nada.

  • Nunca vou ser rico.

  • Ou eu sigo meus sonhos, ou eu ganho dinheiro.

  • O dinheiro é a raiz de todo mal.

  • Ah se eu pudesse e meu dinheiro desse.

  • Não tenho dinheiro pra nada.

  • Não se pode ter tudo.

Exemplos de crenças limitantes comuns com relação a si mesmo

  • Nunca faço nada direito.

  • Eu preciso provar meu valor.

  • Não sou bom o bastante.

  • É tudo minha culpa.

  • Não faço o bastante.

  • Se eu ficar com raiva, sou uma pessoa má.

  • Não mereço.

  • Sou velho demais para isso.

  • Não tenho tempo.

  • Sou novo demais para isso.

  • Sou velho demais para isso.

  • Não sei por onde começar.

  • Não tenho conhecimentos o suficiente.

  • Eu tenho que sofrer para aprender.

  • Não dou sorte na vida.

  • Eu não sirvo pra nada.

Exemplos de crenças limitantes comuns sobre amor e relacionamentos

  • O amor machuca.

  • Homem/mulher não presta.

  • Homem/mulher só valoriza depois que perde.

  • Sorte no jogo, azar no amor.

  • Não grite a sua felicidade, pois a inveja tem sono leve.

  • Mulher gosta é de dinheiro.

  • Quem eu quero não me quer.

  • Ninguém me ama, ninguém me quer.

  • Nasci pra ser sozinho.

  • É mais seguro estar sozinho.

  • Eu vou morrer sozinho.

  • Casamento é game over.

  • Eu preciso de alguém que cuide de mim.

  • Todo mundo que eu amo me machuca.

  • Só dava certo com meu ex.

  • Eu só escolho a pessoa errada.

  • Meu dedo é podre.

  • Meu cupido é ruim de mira.

  • Eu só posso me relacionar com quem me faz mal.

  • Amar é sofrer.

  • Eu devo me sacrificar por amor.

Exemplos de crenças limitantes comuns sobre trabalho

  • Deus ajuda quem cedo madruga.

  • Sem trabalho duro não se consegue nada.

  • Não é possível viver do que se ama.

  • Eu vendo minha alma para o trabalho.

  • Tenho que batalhar muito.

  • Ou eu tenho uma carreira de sucesso ou eu tenho uma família feliz.

  • Eu odeio meu trabalho.

  • Ninguém me valoriza no trabalho.

  • O mundo está em crise, e por isso tudo está muito difícil para mim.

  • Não tem emprego para todo mundo.

  • Alguém vai roubar meu emprego.

  • Trabalho é uma obrigação.

Conheça nosso curso de terapeuta quântico e mude seus paradigmas

https://go.hotmart.com/R61549233C

 


22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo